quarta-feira, 31 de março de 2010

Então, preparado para a tortura diária!?


Boa tarde! Hoje vai ser uma delíííííííííícia!

\o/ \o/ Sessão da tarde! \o/ \o/

Poucas coisas na TV Globo me agradam... Uma das que se salvam é essa bela seleções de filmes a que temos o prazer de poder assistir desde que o mundo é mundo... (E talvez bem antes disso O__o*) Bem, quem aqui não foi vítima de todos aqueles filmes “maravilhosos”. Aquelas pérolas cinematográficas! Ou vai me dizer que não concorda?
Depois de todas aquelas tardes assistindo Os Goonies, Os Batutinha, Os aventureiros do bairro proibido, Curtindo a vida adoidado, E.T., Indiana Jones (todos eles), As bruxas de Salém, Loucademia de polícia, Quero ser grande, Um morto muito louco, Bill e Ted, K-9, Os caça-fantasmas, Corra que a polícia vem aí, As tartarugas ninjas, O rapto do menino dourado, Robocop, Gremlins, De volta para o futuro, Duro de matar... e por aí vai...

Bons tempos em que se faziam Bons Filmes Ruins!

Hoje em dias os filmes ruins são péssimos mesmo... ¬¬

Bjinhos e até a próxima!

Winna A.

terça-feira, 30 de março de 2010

DIGA NÃO AO PRECONCEITO!
O NOME É H1N1, E NÃO GRIPE SUÍNA!


PORCO TAMBÉM TEM CORAÇÃO!
PORCO TAMBÉM TEM SENTIMENTOS!
E Sapos podem prever (provocar) terremotos!
Vai querer se meter com esses dois aí?!

XD



Tá afim de "uma" rapidinha?


(Imagem retirada do site Humortadela, como você mesmo pode ver ali do ladinho!)


Boa tarde-quase-noite meus queridos!


Estou pretendendo inaugurar uma postagem diária (ou quase isso, se é que vocês me entendem...), e ela será a nossa “rapidinha” diária. Nem sempre inédita, nem sempre uma loucuuuuura – mas sempre quentinha!

Bem, menos papo e mais ação!


Que mãe Diná que nada! Pergunte ao Caco!


Sim, ele era verde! Sim, ele era menosprezado! Sim, ele vivia fugindo da Pig! (não sei por que! Ela era tão meiguinha!) - Mas ele Saberia te responder, e com bastante antecedência, em que lugares aconteceriam terremotos e outros fenômenos naturais. Sim – Pesquisadores que não tinha lá muito o que fazer observaram esses nosso amiguinhos escorregadios e puderam chegar a tal conclusão!
O que eu acho disso!? Bem, videntes ou não, eu amo batráquios!


Uma visão (do) além....


Não sei se você acredita em reencarnação – Eu acredito... Na verdade, ESPERO que seja verdade, senão do que valeria simplesmente existir, não é mesmo?
A história da vida de uma das pessoas que mais revolucionou o tema, não só aqui no Brasil como em todo o mundo, virou filme e vai estrear nesta sexta! Espero estar lá para saber um pouco mais sobre uma das vidas de Chico Xavier.
Não consigo imaginar que uma pessoa com um espírito tão iluminado fosse simplesmente um charlatão / lunático / desocupado. Bem ou mal, ele estimulou a preocupação com o espírito, com o que vem depois, e isso já é um grande ensinamento a se disseminar pelo mundo.
Quem sabe assim as pessoas parem de se preocupar tanto com suas futilidades e comecem a dar atenção ao próximo, a evolução e a bondade. Nosso mundinho está necessitado destas e de outras virtudes...


Eu vou votar no “Dogado”!


Por deus que esse maldito BBB me persegue” Pior é ter de ouvir uma “brother” dizer a seguinte frase: “Todo mundo fala mal, todo mundo torce o nariz e diz que não assiste, que tem mais o que fazer – Só que todo mundo sabe quem está no paredão, quem é líder, quem saiu...”

Sabe porque eu sei disso tudo? Por que vocês não param de falar nesse assunto! Quando não é paredão, é o falso gay que pega geral, ou o outro de língua presa que fica incentivando a discórdia, ou é a fulana de tal que que está dando em cima de deus e o mundo p/ ver se chega a final...
Mas que diabos! Vou dar o troféu gatinho para todos vocês!!!

Ficou curioso é?! Não conhece o famoso Troféu Gatinho?!?! Ok... Ok... Eu te explico...

Você, meu Senhor. e minha Senhora. Cara dona de casa! Caros desocupados do meu Brasil! Para todos vocês que não se conformam em cuidar somente de suas vidas! Todos vocês que foram agraciados com tempo de sobra, e por tanto têm a disponibilidade de cuidar da vida alheia, seja ela a vida do vizinho, da filha adolescente, do saradão na telinha... É para você que eu terei o prazer de entregar o TROFÉU GATIIIIIIIINHO!!! ASSIM VOCÊ TERÁ MAIS SETE VIDAS PRA TOMAR CONTA! ISSO MESMO! SEEEEEEEEETE VIDAS INTEIRAMENTE SUAS, PARA VIGIAR A TORTO E A DIREITO! E isso aqui no Brasil, porque se for na Europa serão NOVE VIDAS!!!! Já pensou???

Obs.: Eu queria mesmo é votar no Bial!! Pra ele SUMIR do mundo!


A Farra... do boi???. ¬¬


Não sou hipócrita! Como carne sim e já mencionei minha postura quanto ao assunto em outro post, logo, não vou ficar me repetindo...

PORÉM...

Quem diabos foi o “gênio” que teve a grande ideia de chamar assim um dos costumes mais abomináveis de que já se ouviu falar?

Imaginem vocês: pega-se um boi, lhe nega alimento e água, só que deixando os mesmo bem pertinho dele, de forma que ele só possa “vislumbrar” a comida. Depois que o pobre do “animal” é solto, um bando de malditos (e novamente estou me segurando para não xingar ninguém) correm atrás do boi e o espancam e torturam de maneira, no mínimo, brutal: ele é esfaqueado, quebram-lhe as patas, os chifres, lhe perfuram a carne com pedaços de pau cheios de pregos, ou mesmo estacas... e segue esse linha de crueldade....

Depois disso tudo, finalmente, o boi morre – as vezes depois de dias – e então um FDP me chama esta prática BABACA de FARRA DO BOI?!?!?

“Mas ele representa Cristo... Representa o Diabo... É coisa cultural...”

Por que não fazem um sorteio entre si e quem for o “escolhido” fica com o papel do boi?

No dia em que um desses animais entrar em frenesi e pisotear algum de vocês até a cara ficar disforme o suficiente para não ser reconhecido nem por São Pedro, aí sim será a farra do boi... E nesse dia eu vou até comemorar!


EU VOU TORCENDO PELO BOI! E com muito orgulho!



Bem... Revoltas a Parte, espero que todos tenham uma ótima terça-feira e nos veremos amanhã – Ou não – Vai que funciona!


Bjos e Abraços!


Winna A.


Fontes: G1, Google, Wikpédia e todos os desocupados e desocupadas deste meu Brasil il il il il !!

sexta-feira, 26 de março de 2010

Bata todos os ingredientes e é só por no forno!



Boa Noite meninos e meninas! Aproveitem a avalanche de coisas obtusas (???) que esta cabecinha aqui é capaz de produzir - e em larga escala!
  • Estava a pensar no caso Nardoni / Jatobá, no caso do menino que foi arrancado de sua família pra pedir esmolas no interior do RJ, no tal cara que foi inocentado pelo processo de violência sexual contra uma menor, a carta do Papa pedindo perdão pelos casos de pedofilia que acabaram sujando (ainda mais) a imagem da igreja católica... Por Deus que nem mesmo a inocência das crianças é levada em conta? Será que o fator “indefesas” tornou-as um alvo fácil?

  • Se a violência entre adultos já é algo grotesco, imagine que tipo de sentimento poder nascer quando sabe-se que esta violência tem se expandido para a infância?

  • Lembrando também das pequenas coisas fúteis da vida, hoje eu ganhei uma barra de chocolate... tudo bem que não como mais chocolate – mais o gesto não perdeu seu encanto... E quem disse que eu não podia abrir uma exceção?

  • Quando vale a pena, não pense duas vezes! A felicidade já é artigo de luxo que vive em falta, porque deixar que ela se vá assim, escorrendo pelos dedos!? Não precisa mergulhar numa piscina de chocolate, mas um “quadradinho” só não mata ninguém!
Entendeu o recado ou quer que eu desenhe?

  • Ah... como é bom fazer amigos! Só que isso carrega em si uma responsabilidade deliciosa: a de que se deve ter consciência de que a vida é uma via de mão dupla. Todos nós temos lá os bons e maus momentos da vida – E independente dos altos e baixos, é muito bom se ter amigos para dividir sorrisos e lágrimas, certezas “quase” absolutas e indecisões imaginárias... sem contar que dividir as guloseimas num fim de semana não tem preço!

  • Muitas coisas me tiram do sério – e uma das que andam testando efetivamente a minha paciência é a falta de educação de algumas pessoas. E eu que não sabia que um “bom dia boa tarde / boa noite” arrancavam pedaços importantíssimos das “pessoas”... E um simples “obrigada! Não há de que!”?! Nossa, acho que nem mesmo uma endoscopia pode doer tanto... Daqui a pouco vou ter de tirar uma certidão permissionária para sorrir, ser cordial, pensar que o mundo não gira ao redor deste meu lindo umbiguinho...

  • Está confirmado: Março é o mês da dor de cotovelo, das crises existencialistas, das síndromes de bicho-papão, das epidemias de depressão coletiva, dos acessos de raiva sem finalidade alguma e coisas estranhas afins... Sem contar a famosa “curtição de foça imaginária”... A tristeza deve estar em alta na moda!

Bom fim de semana e boas lágrimas p/ você também!

quarta-feira, 24 de março de 2010

Por una cabeza
Si ella me olvida
Qué importa perderme
Mil veces la vida,
para qué vivir...

( - Carlos Gardel )


Muito boa noite a todos!

Estava eu hoje indo para casa, quando começa a tocar este maravilhoso tango... Tem como não pensar na vida nessas horas!?
Pior: Tem como não lembrar do filme “Perfume de mulher”, sendo mais específica, da Cena em que Al Pacino, cujo personagem é cego, dança maravilhosamente com a outra atriz cujo nome não me recordo, mas não vem ao caso de qualquer forma (Gente! O Filme É o Al Pacino e só!).
Agora, o que pensar quando se lembra de uma música dessas, de um filme desses, se não de “L'Amour” - E de todas as coisa boas e ruins que ele carrega consigo!

Que atire a primeira pedra quele que nunca amou!
Ou aquele que amou e não foi correspondido!
Ou aquele que nunca sofreu por amor!

Mas não vamos nos esquecer de que o amor, apesar de por vezes dolorido, é também a menina dos nossos olhos. é o nosso ar, nosso alimento, nossa felicidade incondicional.
Certa vez ouvi falar que o amor é a nossa maior força e nossa pior fraqueza – E tenho de concordar.

As vezes complicamos muito as coisas, mas essa é a pimenta da vida. Se fosse simples em demasia
não seria tema de tantos livros, filmes, melodias...
Algo que merece ser tão exaltado não poderia nos ser dado de bandeja, concorda!?

Eu até entendo que as vezes (e bem mais comumente do que se imagina) ele é pior que rapadura a base de super-bonder, mas o “doce” é tão instigante que acabamos pulando de cabeça, e cada vez mais alto, querendo chegar cada vez mais fundo.

Não sou eu quem vai lhe explicar o que é o amor, sequer o seu funcionamento – Eu mesma desisti dessa façanha que julgo, no mínimo, impossível.

“Amor não se explica. Amor se vive. Se sente. Se chora... E certo dia, se vai...”

segunda-feira, 22 de março de 2010

Humorismo e Jornalismo - Um amor Nu, Cru e Bem feito!


---- RJ - Do pré-sal ao pós-pó. ----

Boa tarde people! Continuem lendo que irão entender...

O assunto de hoje é a boa escrita. Aquela bem apimentada, bem crítica e muito bem humorada, obrigada! Não, não estou me incluindo nas citações a seguir, se bem que não escrevo TÃO mal assim, só que tirei a tarde para comentar sobre colunistas e escritores mais conhecidos, logo, nós, pobres mortais e blogueiros vamos ficar para uma outra oportunidade – E sem tirar o crédito de ninguém, pois conheço vários anônimos (O_o) que deixariam qualquer um de queixo caído, até mesmo os críticos mais chatos!

Bem, eu sempre gostei de levar a vida com bom humor (por favor: não me desmintam!), e isso inclui até mesmo o lado ruim da mesma. Sabe aquele velho ditado que diz: “Rir da desgraça alheia...” Pois bem, eu aprendi a rir até mesmo da minha desgraça. Claro que você tem todo o direito de me achar ou louca, ou despreocupada, mas garanto que não sou nenhuma das duas coisas.

Rir dos próprios problemas, ao meu ver, é tentar enxergar algo de bom mesmo nos piores momentos. Afinal de contas, se chorar não vai resolver, rir é que não vai atrapalhar, não é mesmo?

Seguindo a mesma linha de pensamento, li hoje uma coluna bem engraçada no site da revista “Época” - O colunista Nelito Fernandes, até então um desconhecido para minha pessoa, conseguiu, no mesmo texto, ser crítico e cutucar muito bem cutucado (diga-se de de passagem) algumas feridas sérias quanto a segurança no Rio, o Senado e até mesmo o bafafá dos royalties do petróleo.

Não vou colocar o texto aqui – quer ler? Clique aqui e veja-o na íntegra – Se possível, comente! O cara merece! Acho até que o Ubaldo concordaria comigo hein...

Falando nele, EU TE AMO UBALDO, seu sacana!
Sério, se você leu qualquer coisa que seja desse cara e não gostou, é porque você não entendeu...
Caso queira ler, clique aqui e divirta-se!

Falando no “O Globo” (e não na globo, pois parei de me revoltar com essa “bendita” emissora, já que não vale a pena, muito menos minha digitais no teclado), eu precisava falar do Agamenon né!?
Que nunca leu o segundo caderno?!?! Quem nunca teve o domingo salvo por um amontoado de palavras perfeitamente ordenadas e hilárias, no mínimo!? Deus salve vocês, Hubert e Marcelo!
Obs.: Vale lembrar que nosso caro Agamenon pode acabar virando filme! E eu vou estar na primeira fila, nem que eu tenha que tomar o lugar do bonequinho do Globo!!!

E isso me fez lembrar do Ziraldo, do Millôrr e do Jaguar: Por que ler “Caras” se o que nos interessa mesmo é a “Bundas”?! Mesmo que fora de concordância, há de se concordar que a segunda opção é bem mais popular e bem quista que a primeira! (“Quem mostra a bunda na caras não mostra a cara na Bundas!”)
As vezes tenho saudades das tardes que passei no apartamento de minha irmã, na tijuca, bairro bem boêmio lá do Rio (e eu que nunca imaginei usar o termo “Lá no Rio”...) ouvindo meu querido amigo Fernando cantarolando um Chico Buarque aqui, um Raul Seixas ali... e lendo as velhas Bundas que eles tinham no porta-revistas... Bons tempos aqueles...!

Não sou muito boa para lembrar nomes, discografias, biografias ou qualquer outra “fia” que faz com que algumas pessoas sejam ótimas fãs de famosos, sejam eles (ou elas) escritores, jornalistas, atores, cantores, compositores... Com isso, vou parando por aqui. Assim que eu der uma pesquisada escrevo um pouco mais sobre essas figuraças literárias.


Boa leitura e boas gargalhadas e uma ótima semana para vocês!



By Winna Ashara



Fontes ligadas ao post:

Revista “Época” Online
Wikipédia - Porque todo conhecimento é válido (pelo menos em tese)
Google (Aquele que tudo sabe)
Blog “Tateando Amarras” (darei uma olha em você! Parece bem promissor!)
Site “Releituras” - “Os melhores textos dos melhores escritores” - Esse entrou p/ minha lista!

Obs.: A imagem deste post foi desenhada pelo Jaguar - A César o que é de César!

sábado, 20 de março de 2010

"O ócio me faz pensar em coisas estranha..."


Sim, mais um post!!! \o/

A revolta do assunto anterior não passou, mas como não posso expressar meus instintos primitivos na cara da safada que bateu no bebezinho, comecei a ouvir a trilha sonora do Star Wars e reler alguns posts antigos deste blog que vos agracia com tanta baboseira e rabugentice... E pensei muita coisa estranha - Vou dividi-las com vocês:

1º > Já escrevi menos e melhor, já abordei assunto mais atuais, mais relevantes e estou sensível hoje - Não me critiquem!

2º > E pensar que eu já consegui postar quase que diariamente no início... o sonho acabou...

3º > É praticamente impossível escrever e não colocar um pouco de si no texto. Se até no Jornal Nacional eles as vezes pecam, imagine eu aqui! Sou de carne e osso pessoal!

4º > Meu contador me disse que algumas pessoas entram no blog - Tudo bem que ele não me disse se alguém lê minhas "pérolas", mas se isso acontece, por que raios as pessoas não postam nada sobre!? Fico me sentindo tão só...

5º > Notícias Idiotas me irritam ¬¬* Não entendo o porque do Yahoo, um site tão bom na minha opinião, publicar algumas notícias do tipo "Pai de Neymar rejeita a Europa"... Que raios eu tenho com isso?! Até quem conhece o Neymar deve se perguntar isso!!!

6º > Escrever me deixa com fome... Isso vai acabar com a minha dieta! E sim, é claro que estou de dieta! Não sabia? Vou perguntar ao pessoal do Yahoo se eles noticiam isso, afinal, se o Neymar pode eu também posso!

7º > Nunca sei onde fica o atalho do teclado para o "R" de "marca registrada", vou perguntar ao google - Ele sabe de tudo (isso me assusta...)

Bem - Vou parar por aqui antes que vocês mandem me internar ou coisa parecida!

Abraços e tenham um bom fim de semana!

By Winna A.

Ps.: Usem o mural de recados! Estou ficando Frustrada!

Depois dizem que sou implicante... Pessimista...




Bom dia caros leitores para lá de anônimos! Não se enganem - Perdi meu bom humor e vou direto ao assunto:

Estava eu aqui, levando meu sábado na “boa”, num dia típico. Trabalhando de 8 as 8, mas trabalhando! De bom humor, apesar de ter acordado as 6:30 da manhã, e até feliz, porque uma senhora muitíssimo simpática chegou aqui na “lan” e me deu um bom dia como há muito tempo eu não recebia: Regado de carinho, abraços e apertões nas bochechas!
Até aí, tudo na mais perfeita ordem, até eu resolver me antenar com as notícias do dia e me depara com um vídeo, que, no mínimo, revoltaria até mesmo Buda em seus melhores dias...

O vídeo é, nada mais, na menos, que um flagrante de uma “babá” espancando a chutes e murros uma criança... Bem... O fato de um adulto agredir uma criança já é, por si só, algo que faz meu estômago doer de raiva por conta de tanta covardia... mas o pior, meus queridos, é que a criança agredida era um bebê de apenas ONZE MESES!!!!

POR DEUS!!! ESSA MULHER DEVIA FICAR PRESA PELO RESTO DA VIDA!!!! Isso pra não escrever aqui a real sentença que eu acho que ela merece – Porque dar um bico num bebê, na minha opinião, é caso de cadeira elétrica... ¬¬*

Para piorar a situação, e veja bem, isso, na minha concepção era praticamente impossível, esta infeliz, no auge de sua filhadaputagem, ainda tenta se justificar, dizendo que só fiz o que fiz porque sentia raiva dos pais do bebê e acabei descontando nele...

Grrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr ¬¬²³²³³²¹³¹

Juro que se eu fosse qualquer coisa que seja dessa criança eu também estaria na cadeia a uma hora dessas... E o pior é que a seleção de fatos revoltantes nem acabou ainda!
Esta desgraçada (e olha que estou me controlando para que esta postagem não passe para a censura “18 anos”) ainda por cima obteve direito de fiança. Tudo bem que eu duvido que ela tenha 75 mil dólares guardados na carteira, mas o fato é que, caso ela pudesse pagar esse valor, ela pagaria e ficaria em liberdade!!!

COMO ASSIM?!?!?

Não importa em que país ocorreu o fato – O inaceitável é que uma “pessoa” que espanca um BEBÊ – Isso mesmo, aquela coisinha indefesa e fofa que não faz mal a ninguém! - Não deveria, sob hipótese alguma, ter direito a fiança!

Então é assim: Eu enfio a mão na cara do filho dos outros, pago uma fiança e ficam “elas por elas” ?!?!?!

Que fique bem claro que enfiar a mão na cara do próprio filho é tão errado quanto – mas concordo que um tapinha ou outro, por questões de educação e de forma comedida e controlada, acaba sendo necessário – E a Super Nanny que me perdoe...

Depois a implicante sou eu... Não há bom humor, nem mesmo divino, que se mantenha depois de ler uma coisa dessas. Aconselho aos mais sensíveis que NÃO vejam o vídeo, mas deixo também um recado aos pais que, por qualquer motivo que seja, deixam seus filhos com outras pessoas:

CUIDADO! Nem todo mundo é como essa @#&$&%* que fez isso com esse pobre bebezinho, mas fiquem de olho. Caso notem algo de estranho, não esperem pelo pior. Se não confia na pessoa, não deixe a criança com ela. Alguns males não podem ser reparados, logo, melhor prevenir...

¬¬ Até o Zé do Caixão sabe que não se deve maltratar uma criança!

By Winna A.

Fontes: Portal G1 – segue aqui o link p/ a notícia original:


terça-feira, 9 de março de 2010

A gente vai levando... A gente vai levando...




" Na época em que a palavra de um homem valia um fio de seu bigode... "

Sim – É uma velha, estranha e típica expressão que aprendi aqui no Sul e ela tem um significado bem peculiar: A palavra de um homem tem o mesmo valor que a honra do mesmo.
Isso me fez pensar em como as pessoas não se importam mais com a própria credibilidade. Parece que com o passar dos anos, ser honesto, cumprir com suas promessas virou sinônimo de cafonice, e em certos casos, para meu completo espanto, sinônimo de BURRICE.

Nessas horas eu entendo porque os mais velhos costumam dizer que este mundo está perdido.

Se você não tem um contrato por escrito, meu querido, você se ferrou – Mas isso não quer dizer que você não venha a se ferrar mesmo estando com um contrato em mãos. O papel é apenas uma “prova documental” de uma longa jornada processual que você tem pela frente – Isso se o dano foi grave o suficiente para mover uma ação, e se o seu saco é grande o suficiente para aturar toda a burocracia que acompanha o dito processo.

Antigamente, um acordo por escrito era mera formalidade, em casos muito raros, normalmente para a segurança dos "acordantes", e não como prova de uma possível sacanagem de uma das partes. Se uma pessoa firmava com o leiteiro que lhe pagaria assim que recebesse, este teria seu leite garantido por todo o mês, e o leiteiro não precisaria se preocupar em correr atrás de ninguém para cobrar a dívida, porque as pessoas tinham em mente que, quem vem até mim para fazer uma dívida, também virá até mim para quitá-la. E nessa época as coisas eram bem mais fáceis...

Eu já senti e ainda sinto na pele os reflexos dessa atual falta de vergonha na cara que muitas pessoas julgam normais - “é a modernidade” - E que se dane o mundo que eu não me chamo Raimundo!

Não é assim que a banda toca amiguinhos! Onde raios as pessoas andam enfiando suas responsabilidades?!

Diz-se que com a idade, vem o amadurecimento, o senso moral, a retidão de caráter e todos esses preceitos importantes para a formação do indivíduo, mas que se perderam quase que completamente. O importante agora é ser esperto, ser malandro, se dar bem as custas de tudo e todos!

O resultado prático disso tudo é que, com o tempo, confiar nas pessoas passa a ser cada vez mais difícil... as amizades tornam-se escassas, quando não inexistentes – E estamos todos no mesmo barco, cada um na sua solidão, cada um com sua esperteza e cada um temendo a própria sombra.
By Winna A.

"Mesmo com toda a fama, com toda a brahma
Com toda a cama, com toda a lama
A gente vai levando,
A gente vai levando,
A gente vai levando,
A gente vai levando essa chama!"

- Chico Buarque

segunda-feira, 8 de março de 2010

Não é só mais uma data besta...


Olha nós aqui tra'vez!

Eu não vou escrever nada convencional sobre o dia internacional da mulher, e vou explicar o porque:

Primeiro porque TODOS estão fazendo isso e não curto ser “só mais uma”...

Segundo, eu acho que reservar apenas um único diazinho, tipo dia dos pais, das mães, dos namorados, essas coisas assim, e só dar valor a pessoa ou ao grupo de pessoas neste fatídico dia é uma falta de educação sem tamanho!

Vamos e venhamos: Quem dá valor a uma mulher, o faz todos os dias. Assim como quem ama uma mãe, um pai ou um(a) namorado(a) o faz sempre (ou sempre que consegue, porque ninguém aqui é santo).

Nunca entendi muito bem as datas comemorativas... E de todas elas, esses dias “específicos” são os que mais me assustam. Não que não valha a pena escolher uma data marcante p/ ser lembrada – Mas quando você cria um “dia do professor”, por exemplo, parece que as pessoas só irão se lembrar dos professores neste dia – e Pluft! Não precisamos mais respeitar uma profissão tão digna, tão sofrida, tão importante, só daqui a mais 365 dias... ¬¬
Faça-me o favor né...

Acho importante quando uma data representa um movimento público, um acontecimento que merece ser lembrado, um dia que significa muito para muitos, e não um “dia” de qualquer coisa que, ao meu ver, só serve para aliviar o peso na consciência de uns e outros.

Se você realmente acha importante valorizar as mulheres, faça-o todos os dias. Dê valor a sua mãe, as suas familiares, suas amigas, sua namorada, sua esposa, seja lá o que for – Mas faça-o porque isso lhe é natural, e não porque você ouviu isso no jornal da manhã e vai usar de desculpa por todos os outros dias que você foi um babaca com toda mulher que passou na tua frente!

Esta é a minha homenagem a todas as minha companheiras – biologicamente falando ou não – Porque se a pessoa é mulher “de alma”, ainda assim, meu bem, é mulher também!

Um grande abraço e inté a próxima!

Winna A.

sábado, 6 de março de 2010

Oh God...


Se eu fosse essa pera (e lembro quando as peras ainda tinham seu chapeuzinho em cima da cabeça...), eu nunca mais seria importunada por uma maldita laranja de senso de humor questionável. ¬_¬*

Bem, ignorando vídeos bizarros do youtube e suas frutas/leguminosas afins, estou aqui para me comprometer, mais uma vez, a não deixar este blog duvidoso e de peouca visitação morrer - E não farei isso por vocês, meus fãs, nem pela publicidade ou pela infindável busca por alguns minutos de fama na internet - faço isso porque adoro enfiar minhas opiniões e críticas goela abaixo em todos vocês que gastam valiosos minutos de suas vidinhas meigas para ler o que aqui encontram.

Então, sem mais delongas porque a minha chefe já veio dar uma olhada, tentando constatar que estou num bate papo da vida ou msn - Esse maldito MSN!!! - E voltou triste, porque só encontrou esta telinha do blog com estas parcas palavras estranhas...

Então, antes que minha estabilidade financeira se vá - E ela já não é muita - Deixo aqui a promessa de um post decente, ou algo perto disso, para durante a semana!

Beijos meus queridos e queridas!

Ps.: ALELUIAH!! O CISCA VOLTOU!! UHUUUUU! \o/ Não estou mais só!

Winna A.

Aqueles que me acompanham na jornada...

Wikipédia sobre a Lady Vinna (WInna)

A lei divina é eterna, imutável, perfeita, igual para todos, inscrita na consciência dos homens e revelada em todos os tempos (de acordo com a capacidade e compreensão dos homens).

Winna: "- Com tantos elogios eu fico até sem graça!"

"Os animais dividem conosco o privilégio de terem uma alma". - Pitágoras

"Os animais dividem conosco o privilégio de terem uma alma". - Pitágoras