segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Eita vida de estudante matutino...

Se você acha que estudar é chato e que trabalhar é difícil, imagine fazer os dois!
Sei que a vida "não são flores"e que nada cai do céu. Acima de tudo, sou muito agradecida a Deus e a todas as pessoas que me deram apoio para que hoje eu possa estar na minha condição de "universitária", mas meus bens... Não é mole!
E olha que estou estudando só a uma semana!

Sério! Eu sei que preciso trabalhar. Eu tenho plena consciência de que preciso estudar. Mas por Cristo!!! EU PRECISO DORMIR!!!

Não consigo encaixar o meu sono na minha rotina!

Aos que passam pelo mesmo que eu, dou-lhes um conselho: Larguem esse maldito computador e DURMAM!!! Não percam tempo!

Beijinhos e até o próximo lapso temporal!

By Winna S.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

*_* Universidade é Mara!!! Mas não é Maravilha!

Olá minhas Pessoas queridas!

Hoje foi meu primeiro dia de aula na Universidade! Estou claramente entusiasmada, apesar da maioria das pessoas me olharem com uma cara meio confusa quando eu digo que estou cursando “Arquivologia”.
Sabe aquele olhar franzido, com a cabeça levemente curvada para o lado? Então, essa feição mesmo.

O mais interessante no dia foi a recepção dos calouros (E sim, na minha idade, ser caloura é algo meio estranho... Sabe aquele medo de ser chamada de tia!? Então!) Mas voltando a recepção, tirando aqueles velhos rituais de apresentação do corpo docente e tudo mais, o que me deixou admirada foi ouvir o discurso do representante do CED. Foi um belo discurso (gaguejado, mas ainda assim belo!).

Mesmo quando não era exatamente uma “estudante” eu sempre dei valor a "militância estudantil". Estes jovens de todo o país, com seus protestos e suas batalhas – e em muitos casos, com suor e sangue – conquistaram grandes feitos para si e para a sociedade em geral. Poucas coisas me tiram tanto do sério quando alguns comentários preconceituosos quanto aos estudantes.
Aqui em Florianópolis, por exemplos, os únicos que parecem não ser passivos aos caprichos de empresas de ônibus (entre outras) e representantes políticos desvirtuados são eles, os universitários e estudantes afins. E o mais incrível é ouvir de uns e outros que eles são “todos uns baderneiros que não têm o que fazer...”.

Juro que nessas horas tenho vontade de abandonar a minha veia cômica e partir para a ignorância (se não física, pelo menos verbal!)

Enfim e em fim: Hoje foi um dia e tanto, e não digo somente por mim. Foi um dia de conhecer novas pessoas, respirar novos ares e renovar algumas esperanças para o futuro - Em outras palavras sou uma típica caloura animadinha que estará se descabelando daqui a alguns meses, e olha que segundo os veteranos, estou sendo BEM otimista com os prazos...)

E depois de todas essas peripécias, espero chegar em casa e abusar muito da minha cama – Estudar pela manhã e trabalhar até a noite é dureza bem!

Rapadura é doce bem! Mas mole não é... Não é não!


By Winna A.

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Maldito Inferno Astral


Sim, esses dias “adoráveis” andam me perseguindo... e eu sempre me pergunto: “Por que eu? Por que sempre comigo!?”

Então eu penso... Ah é! Eu Fui Hitler na outra encarnação...

Não importa se você acredita ou não nessas coisas se signos, mapas astrais, regras zodiacais ou o diabo que seja! Inferno Astral EXISTE! Sou a prova (ainda) viva disso!

Diz a lenda que ele começa 30 dias antes do seu aniversário – O problema é que o meu anda fazendo hora extra! Acredito que o inferno astral seja uma espécie de “acerto de contas cósmico”, tendo em vista que você está prestes a fechar um ciclo e iniciar outro.

É mais ou menos assim: Resolva as suas pendengas antes de entrar em uma nova fase! Faça isso por bem ou espere que o universo dê um jeitinho nisso... (Aconselho que não espere pelo universo, ele costuma atropelar tudo e todos que encontra no caminho...).

Agora, não vá pensando que você é uma pessoa iluminada e sortuda que não têm dívidas com nada nem com ninguém! Todo mundo deve alguma coisa, seja “kármico” ou não! (o “Karma” é meu e eu escrevo ele do jeito que eu bem entender!)

Então, amiguinhos e amiguinhas, preparem seus capacetes, equipamento se segurança, procure o abrigo anti-bombas mais perto da sua casa, encha-o de mantimentos e fiquem por lá durante o temido “inferno astral” – Ou conforme-se com o mundo caindo sobre suas cabeças!


Bjos e Boa Sorte!


Ps.: Não sei muito bem distinguir "inferno astral" de "ser perseguido por Murphy". Não me pergunte a diferença, em ambos os casos você pode pegar emprestado um versinho que eu e meu irmão desenvolvemos para essas ocasiões:

" Berra a cabra, berra o bode, só o Fulano que se Fode! "

(Acrescente seu nome no campo "Fulano" e pronto! Você já tem sua frase de impacto para os dias mais infelizes da sua vidinha pacada!)



By Winna A.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Malfadada Arte



Eis a Beleza

Boniteza que chega e um dia se vai
Ainda fincada nas rugas que outrora eram como os contornos das maçãs
Hoje rodeiam as negras meninas dos teus olhos
Cujas cores o tempo faz questão de apagar
Seja por rancor, inveja ou cautela
Tempo que não tem sentimentos
Não permite consentimentos!

Beleza eterna só em pedra, metal
Ou em tela!

- De mim mesma.


=^-^=


Hello pessoinhas queridas!

Quem não ama poesia?

Posso não ser o Shakespeare, mas não sou tão ruim assim, não é mesmo!? Sempre fui amante das artes – visuais ou não! A arte pintada, esculpida, cantada, falada, sentida, aspirada, ingerida, imaginada... Arte é arte!

Arte não precisa ser complicada e desconfie de quem disser o contrário!

Tudo o que te toca, sensibiliza ou emociona pode ser considerado como arte. Não existe, por exemplo, uma norma da ABNT que limite a criatividade. No máximo os padrões de formatação... Mas a criatividade é ilimitada. Um dom divino ao meu ver, porém, um dom universalizado, bastando apenas dar uma bela olhadela para dentro de si que lá estará ela, a tão procurada inspiração criativa.

Então meus amores, o Post de hoje foi isso – Essa coisa meio difusa, complexa...
Aproveite a deixa e permita-se ser criativo (ou criativa). Solte esta sua veia artística meu bem!
Mas se sair do armário, não me culpe!

LEMBRE-SE: CRIATIVIDADE VICIA!

By Winna A.

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Volta às aulas!




Boa noite pessoas que tanto adoro!


Finalmente começaram as aulas!!

Ao contrário do que isso possa significar para alguns, no meu caso é uma baita vitória pessoal!
Hoje vou lhes contar uma pequena parcela da minha história de vida – assim posso passar a todos uma mensagem que julgo interessante!

Tinha eu meus belos 17 anos e estava terminando o Ensino Médio. Que época maravilhosa! Pena que a maioria de nós não perceba isso, ou, como foi comigo, só percebam depois que já passou.
Claro que usufrui os meus 17 anos. Na verdade eu pude aproveitar muito mais que alguns amigos, pois sempre fui bastante responsável e isso me rendeu certa confiança por parte dos meus pais. Com isso vieram muitas festas, noitadas de RPG entre outras farras – Obviamente tudo isso estava muito bem acompanhado de boas notas e pouquíssimos problemas na escola.
Terminado o bendito Segundo Grau Técnico em Informática, resolvi que iria me dar umas férias! Chega de estudar! Consegui um emprego, saí de casa algumas vezes, voltei algumas também, tentei vestibular, fiz cursinhos, tentei alguns concursos... Mas nada com tanto empenho a ponto de ter conseguido.

O importante é que hoje eu vejo isso!

Então... Quase 10 anos depois eu resolvi por minha vidinha pacata de pernas para o ar! Mudei de Estado! Troquei o calor Carioca pelo frio Catarinense!
Um belo dia acordei querendo mudar! Minha vida precisava disso! EU PRECISAVA DISSO!

Claro que eu tinha um bom alicerce aqui em Florianópolis – Um grande amigo a quem devo grande parte da minha atual felicidade. Graças a ele tive tempo para procurar um novo emprego, consegui encontrar um bom lugar para morar, fiz alguns bons novos-amigos e consegui a grande façanha da minha vida: ENTREI PARA A FACULDADE!

Devo isso, em primeiro lugar, à minha mãe – Se ela não insistisse tanto para eu fazer a prova eu não estaria aqui dando pulinhos de alegria agora!

Em segundo lugar à minha irmã, que agilizou toda a papelada pendente pra mim, afinal, não posso pegar um aviãozinho básico para o RJ sempre que me dá vontade.

E em terceiro lugar ao meu Grande amigo já citado (que também é o grande amor da minha vida!) Papito! – Não fosse ele e aquela família MARAVILHOSA que ele tem e que tão bem me acolheram, eu não estaria aqui.
Ele me fez adotar o meu mantra diário do “vai dar tudo certo”, e isso tem funcionado muito bem, obrigada!

Então, para grande felicidade minha e das pessoas que muito torcem por mim eu estarei dando início a minha vida universitária a partir do dia 9 deste mês!

Com tudo isso que escrevi estou tentando lhes passar 3 grandes conselhos:

1º - Não deixe de correr atrás do que você quer e comece a fazer isso AGORA MESMO! Eu perdi muito tempo da minha vida e só me dei conta agora. Sei que às vezes nós queremos uma folga dos estudos, mas graças a essa “folga” e a uma grande parcela de comodismo eu, que hoje poderia estar cursando uma segunda faculdade ou até mesmo ser uma “doutora” na minha área, só estou começando e corro o grande risco de ser chamada de “tia” por alguns coleguinhas do curso...

2º - Não tenha medo de mudanças! Às vezes você só precisa de novos ares, novos estímulos para começar a viver. É como uma planta que não se adaptou muito bem a um terreno. Troque o vaso, mude a terra, adube um pouco e ela florescerá como nunca!

3º - ERRE! Mas erre com convicção! Não tenha medo de errar. São os nossos erros que nos fazem ver o que é realmente certo. O que realmente importa! Junto dos erros vem a experiência!
Não estou pregando que você deva cometer os erros conscientemente, só estou afirmando que mais vale tentar e errar do que simplesmente deixar pra lá.

É a sua VIDA que está em jogo e NUNCA é tarde para começar – E nem para recomeçar!

Por hoje foi isso TUDO!

Mãos a obra e MUITA FELICIDADE PARA TODOS VOCÊS!

Boas aulas!


By Winna A.

Aqueles que me acompanham na jornada...

Wikipédia sobre a Lady Vinna (WInna)

A lei divina é eterna, imutável, perfeita, igual para todos, inscrita na consciência dos homens e revelada em todos os tempos (de acordo com a capacidade e compreensão dos homens).

Winna: "- Com tantos elogios eu fico até sem graça!"

"Os animais dividem conosco o privilégio de terem uma alma". - Pitágoras

"Os animais dividem conosco o privilégio de terem uma alma". - Pitágoras